DF também detona autenticações e reconhecimento de firmas


Depois de São Paulo, o Distrito Federal veda a exigência de reconhecimento de firmas ou de autenticação de cópias nos documentos recebidos por órgãos e entidades da Administração direta, autárquica e fundacional do Distrito Federal.

Só serão exigidos nas hipóteses em que os referidos atos notariais são exigidos por lei. O detalhe é que, para tal, as exigências por parte dos serviodres deverão ser feitas por escrito, motivadamente, com a indicação do dispositivo legal em que ela está prevista. Isso, após analisar o documento original e constatar dúvida.

Para acessar o Decreto nº 28.722, de 28 de janeiro de 2008 clique AQUI.

Comentários

Gritos Verticais disse…
Até que enfim começa a diminuir o império dos cartórios, que tanto tem dificultado, pelo excesso de burocaria, o desenvolvimento. Tomara que isso se torne uma postura nacional.

Postagens mais visitadas deste blog

O auxílio doença e o Empreendedor Individual/MEI

Planilhas gratuitas para auxiliar uma boa gestão financeira

Power Hacks nº4, com Ana Carla Fonseca: Economia criativa