“Não há maior evidência de insanidade do que fazer a mesma coisa dia após dia e esperar resultados diferentes” (Albert Einstein)

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Como funcionam as empresas de compras coletivas:

Via o 
borishermanson.wordpress.com

Por Boris Hermanson
Os sites de compras coletivas são uma novidade no Brasil. O primeiro deles entrou em operação em fevereiro de 2010. Entretanto, esta é uma novidade que está agitando o meio empresarial brasileiro.

Mas, o que é um site de compras coletivas? Como ele funciona? Qual seu enquadramento legal?

Neste artigo tentaremos responder estas e outras questões relacionadas ao tema.

O que é uma empresa de compras coletiva:

A empresa de compras coletivas é aquela que mantêm e administra o site de compra coletiva é um endereço virtual, onde são vendidos cupons de desconto ou vale-compras. Estes cupons de descontos (ou vale-compras) têm sua validade condicionada à aquisição de uma determinada quantidade dentro de um prazo pré-determinado.

Assim sendo eles só serão válidos se um número mínimo de clientes cadastrados os adquiria num determinado período de tempo. Por exemplo: a compra de uma pizza grande na pizzaria X terá desconto de 70% se 200 clientes do site adquirem o cupom de desconto ou o vale compra num período de 24 horas. Se o número esse número de clientes interessados não for alcançado dentro desse prazo (24 horas), os valores eventualmente pagos serão reembolsados aos respectivos clientes.

Legalização da empresa de compras coletivas:

Por ser uma atividade muito nova no mercado, a dúvida dos empreendedores interessados em montarem suas próprias empresas de compras coletivas é como enquadrá-la em termos de CNAE – Classificação Nacional de Atividade Econômica.

Neste sentido, apesar de não haver uma lei específica para o segmento, as empresas de compras coletivas, elas são classificadas pelo CNAE, nas seguintes categorias/códigos, conforme os tipos de serviços a serem prestados:

- Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet (CNAE – 63.19-4-00);
- Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários (CNAE – 74.90-1-04);
- Representantes comerciais e agentes do comércio de mercadorias em geral não especializados (CNAE – 46.19-2-00);
- Consultoria em publicidade (CNAE – 73.19-0-04).  

Vale lembrar que a tributação da empresa dependerá do tipo de atividade que ela vier a exercer, bem como o seu faturamento.

E qual o relacionamento da empresa de compras coletivas com as empresas parceiras?

As empresas de compras coletivas podem estabelecer parceiras, firmadas através de contratos, oferecendo às empresas parceiras os serviços de intermediação de negócios através da venda de cupons de descontos/vale-compras, ou ainda, conforme seu interesse, serviços de consultoria em marketing.

No primeiro caso, o contrato firmado entre a empresa deverá deixar bem claro qual o valor da comissão recebida pela empresa de compras coletivas, lembrando que em alguns casos ela chega a ser de até 50% do valor dos cupons vendidos.

Dicas:

Finalizando, uma dica para quem deseja abrir uma empresa de compras coletivas é que ele tenha um bom relacionamento com o meio empresarial na região onde ele for atuar, analisando também se ainda existe espaço nesse mercado para uma nova empresa de compras coletivas.

Já no caso das empresas parceiras, vale à pena fazer as contas se o retorno, em termos de nova clientela, compensará os custos com os descontos oferecidos.

Esperamos que essas informações ajudem os empreendedores interessados neste novo segmento do mercado.

Direito e Gestão Empresarial

Um comentário:

Anderson disse...

Olá. Eu tenho o registro da minha empresa como EI. A categoria principal é 47.51-2-01 e as secundarias entre outras é 73.19-0-02 e 73.19-0-99. Então ela se enquadraria no perfil de Compras Coletivas.

Related Posts with Thumbnails
 
Yoomp