Sancionados novos limites para o Simples e o Empreendedor Individual, mas só valem a partir de janeiro de 2012.

 
Foi sancionada nesta quinta-feira (10) a Lei Complementar 77/11, que amplia em 50% cada faixa de enquadramento e o teto da receita bruta anual das empresas optantes pelo Simples Nacional,também conhecido como Supersimples. O teto da microempresa sobe de R$ 240 mil para R$ 360 mil e o da pequena passa de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões. Da mesma maneira, o enquadramento como Empreendedor Individual também aumenta, passando de R$ 36 mil para R$ 60 mil de receita bruta por ano. No entanto, essas medidas valem a partir de 1º de janeiro de 2012.

Direito e Gestão Empresarial

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O auxílio doença e o Empreendedor Individual/MEI

Planilhas gratuitas para auxiliar uma boa gestão financeira

Roteiro para elaboração de contrato de prestação de serviços.