Conheça as top breakdown startups do Web Summit 2019

E começou mais um Web Summit em Lisboa, com mais de 70 mil pessoas de 116 países se reunindo em torno do que há de melhor na agenda de inovação e novas tecnologias no mundo. 
E um dos momentos mais interessantes do evento são as “breakout startups sessions”. Todos os dias acontecem pitches no Centre Stage no início da manhã e da tarde. Mas na abertura do evento, diante de mais de 30 mil pessoas, o Web Summit destaca um conjunto dessas startups com maior destaque para fazer seus pitches no momento de maior concentração e visibilidade do evento. São negócios realmente extasiantes, com condições de gerar abalos sísmicos no mercado ou viabilizar incríveis serviços nichados.
Vamos a elas:
Fyde (www.fyde.com), representada pela founder Luisa Lima, foca na segurança on line, a partir deu um modelo de confiança num cenário em que milhões de pessoas trabalham remotamente em casa, coworkings, cafés e muita coisa, às vezes empresas inteiras, está na nuvem.
A tecnologia da Fyde roda continuamente em segundo plano e verifica se você é a pessoa certa com o dispositivo certo, e com as permissões certas. Substitui VPNs de forma rápida e confiável, em conformidade com a GDPR (Lei Geral de Proteção de Dados Européia).
Demodesk (www.demodesk.com), representada pela founder e CEO Veronika Riederle, foi acelerada pela Y Combinator e foca no inside sales, automatizando workflows e ampliando as conversões em vendas. O core da ferramenta é permitir que qualquer pessoa tenha uma ótima conversa com o cliente usando um novo tipo de tecnologia de conferência na web, na esteira das interações remotas que se ampliam cada vez mais substituindo as enfadonhas reuniões ou mesmo as simples chamadas de vídeo.
A interação acontece a partir de telas compartilhadas, agendamentos automáticos, orientações conversacionais para o vendedor/apresentador (ocultas para o cliente) e analytics de última geração.
Barkyn (www.barkyn.com), representada pelo CEO e founder André Jodão, é um serviço de assinatura para cães que busca oferecer os produtos e serviços que um animal de estimação precisa on-line e offline, de forma personalizada, a partir de planos de assinatura. Seu core é oferecer felicidade aos animais de estimação com comida e saúde combinados.
Também cria comunidades para encontros semanais e está lançando uma smart box, com um belo design, conectada a um aplicativo que “garante a felicidade do seu cão e sua paz de espírito”, prevendo a data exata e hora de reabastecimento. Usando inteligência artificial, a smart box, também dá conselhos sobre a dieta do cão e compartilha dicas personalizadas para uma vida mais saudável e feliz.
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Casafari (www.casafari.com), representada pelo CEO e founder Niles Henning, tem como missão trazer transparência para o setor imobiliário, um dos setores mais caóticos do mundo, predominantemente analógico, mas que, ao mesmo tempo, representa um mercado de 280 trilhões de dólares.
Promete entregar o maior e mais limpo banco de dados imobiliário do mundo, construindo um mercado que liga todos os players, como  corretores, compradores, investidores, bancos, companhias de seguros, dentre outros. Já há mais de 500 milhões de pontos de dados rastreados. 
A Evervault (www.evervault.com), representada por seu CEO Shane Curran, é um serviço que foca na fragilidade da privacidade de dados. Estima-se que já houve 6,6 bilhões de contas pessoais hackeadas no mundo.
Seu serviço viabiliza “jaulas de privacidade”, basicamente ambientes de uso de acesso restrito, mantendo informações encriptadas, sem outras possibilidades de entrada ou saída externa, garantindo a segurança de tudo que é interno ao ambiente.
Fiskl (www.fiskl.com), representada pela CEO e founder Alina Lapusneanu, é uma fintech que busca democratizar a gestão financeira de pequenos negócios em todo o mundo.
Há meio bilhão de empresas no mundo com menos de 10 funcionários e a economia global é fortemente embasada nessas empresas. Por outro lado, é um segmento muito mal servido em termos de tecnologia. A partir de uma interface atraente e intuitiva, a emissão de faturas e os recebimentos podem ser realizados em qualquer país.
Já tem clientes em 116 países a partir de uma forte rede de distribuição em parcerias com como operadoras de telefonia móveis, bancos, provedores de nuvem e pagamento.
Boundless (www.boundless.com), representada pela CEO e founder Dee Coakley, torna mais fácil para as empresas lidar com a folha de pagamento e demais obrigações de RH para os seus trabalhadores internacionais remotos. Empregar pessoas em outros países é difícil e neste momento vivemos uma grande migração para o trabalho remoto e equipes distribuídas. As companhias costumam tratar esses colaboradores como prestadores de serviço, mas muitas vezes isso não está em conformidade com regras trabalhistas vigentes.
Boundless cuida da dor da configuração de normas e direitos do país, processando a folha de pagamento, pagando salários e tributos e garantindo o cumprimento das leis trabalhistas locais.
SafetyWing (www.safetywing.com), representada pela CTO e founder, Sarah Sandness,  é uma rede de segurança global para freelancers e trabalhadores remotos, que são estimados em cerca de 1 bilhão até 2035, oferecendo um seguro médico, seguro de invalidez e previdência privada.
Mutiny, representada pela founder Jaleh Rezaei, ajuda as empresas a personalizar seu site para cada visitante, a fim de ampliar as conversões de tráfego em vendas, uma vez que nada menos que 99% dos visitantes deixam os sites por não entender imediatamente a utilidade do produto ou serviço.
Para personalizar os sites é necessário identificar o cliente, priorizá-lo entre vários segmentos, mudar sua experiência e medir os resultados. Tudo isso é operado, sem que seja necessário entender uma única linha de código.
Stratio (www.stratioautomotive.com), representada por seu COO Rui Sales, é um sistema automatizado de detecção de anomalias automotivas, integrada de ponta a ponta, que pode prever falhas nos veículos, reduzindo as surpresas e o tempo de inatividade.
Tanto a manutenção, quanto testes, podem ser automatizados, aumentando a confiabilidade dos fabricantes mesmo em condições extremas como montanhas geladas e desertos escaldantes.
Tonic App (www.tonicapp.com), representado pela CEO e founder Daniela Seixas, é uma plataforma médica digital que promete mais simplicidade e felicidade na relação médico-paciente, agregando tudo o que os médicos precisam digitalmente, como comunidades médicas, algoritmos clínicos de diagnóstico e tratamento,  árvores de decisão, notícias, empregos, dentre outras features, a partir de 97.000 pontos de dados.
Valispace (www.valispace.com), representada pela COO e founder Louise Lindblad, se coloca como o futuro da engenharia, tornando menos complexos os projetos nessa área, empoderando os engenheiros, que realizam 86% de seu trabalho fora da profissão.
Ela proporciona que todos os dados de engenharia de determinadas linhas de produção de foguetes, sondas, satélites, aviões sejam digitalizados, conectados e acessíveis em um único lugar, de forma colaborativa.
Banjo Robinson (www.banjorobinson.com), representado pela CEO Kate Boyle, é um gato que se torna um amigo de crianças de 5 a 8 anos, transformando a leitura, escrita e aprendizagem sobre o mundo em um jogo mágico.
Cartas são enviadas pelo gato duas vezes por mês, de países diferentes, e são respondidas pelas crianças, num serviço de assinatura. Tudo em papel mesmo.
Eastnine (www.eastnine.fit), representada pela founder Catriona Forrest, é uma plataforma de treinamento que está dando propósito ao exercício das pessoas e permitindo-lhes criar um hábito genuíno de se exercitar mais e melhor.
78% das pessoas gostariam de fazer mais exercício, mas apenas metade disso realmente o faz. Essa plataforma busca conectar sua comunidade aos treinadores, por meio de áudios, e reúne-se regularmente com o público para entender o que fazer e quais hábitos precisam ser formados
Shleep (www.shleep.com) representado pelo founder Joran Albers, é uma plataforma digital de treinamento do sono que busca criar uma mudança cultural em torno desse tema, ajudando o mundo a dormir melhor.
Há uma epidemia de privação de sono que custa às empresas de 3.000 a 5.000 dólares por funcionário a cada ano. Cada minuto de perda de sono afeta diretamente o quanto fazemos, a qualidade do nosso trabalho e o quanto ganhamos com nossas vidas pessoais.
Localyze (www.localyze.de), representada pela CEO e founder Hanna Marie Asmussen, é um serviço de facilitação e organização de realocação de funcionários internacionalmente. Seu objetivo é construir pontes através da simplificação da mobilidade internacional.
Neste exato momento 164 milhões de pessoas vivem e trabalham fora do país de origem e os mercados de trabalho são cada vez mais globais. Serviços como o visto, contas bancárias, acomodação, burocracia em geral, são centralizados na ferramenta na forma de “one stop shop”, reduzindo o tempo e custo desse onboarding.
OHNE (www.ohne.co), representada pelas founders Nikki Michelsen e Leah Remfry-Peploe, é uma bem humorada e direta empresa que desenvolveu uma assinatura de um absorvente especial, orgânico e biodegradável, e que se desdobrou numa plataforma de conhecimento e troca de experiências sobre assuntos femininos, a parir da saúde menstrual, sexo, feminismo, dentre outros temas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O auxílio doença e o Empreendedor Individual/MEI

Planilhas gratuitas para auxiliar uma boa gestão financeira

Como tirar sua empresa do vermelho…